11 de setembro de 2018

Trabalhando os Gêneros Textuais

O advento tecnológico ressignificou a maneira como as pessoas têm se comunicado.Porém o ato manuscrito tem diminuído em alguns gêneros textuais que deram espaço a meios de comunicação mais rápidos. Com isso, gêneros como a carta pessoal é, atualmente, uma espécie de raridade entre os interlocutores. As crianças e adolescentes nascidos na era virtual não tiveram a oportunidade de vivenciar a escrita da carta pessoal como método comunicativo.

Como cumprimento da grade curricular de Língua portuguesa e Redação o professor Walter, após a aula teórica sobre a estrutura e função do gênero supracitado, propôs aos alunos do 6° ano “A” (turma da manhã), a produção textual de uma carta pessoal para que os alunos pudessem ter tal experiência, além de cumprir o que rege o currículo sobre linguagens. Com isso os alunos produziram uma carta endereçada a amigos ou parentes como maneira de doar seu tempo e sua escrita monitorada, empregando no papel sentimentos pessoais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário