28 de maio de 2014

Concurso de redações IDPI - carta de Odaísa Monteiro, 2º ano - 3º lugar do grupo 2

Agora vamos começar a publicar as cartas feitas pelos grupos alunos do grupo 2 do Concurso de redações, grupo este formado por alunos do 9º ano ao ensino médio. A primeira carta é da aluna Odaisa Monteiro de Araújo que ficou em 3º lugar.

Santa C ruz do Capibaribe, 24 de abril de 2014.

Senhora diretora,

          O assunto ao qual venho a tratar não poderia vir de outra forma a não ser escrita, sim, poderia ter sido moderna e mandar um e-mail, nas em forma de protesto ao que venho enfatizar neste pepel, escolhi por escrever essa carta, antes que este hábito entre em extinção.
          Gostaria em fim de tratar da importância da leitura, a que sempre chama minha atenção, por exemplo, do andar na rua diante de uma placa, de forma involuntária, as informações expostas chegarem ao meu cérebro, considero assim uma dádiva de um ser leitor, assim como a senhora que poderia estar fazendo outra coisa, mas optou por dar-me atenção.
          Em desabafo confesso-lhe que cresci com o prazer de ouvir o meu pai contar-me uma história de algum livro, porém decepcionava-me diante da realidade do mesmo não ter tido contato com livros deste gênero e em consequência não adquiriu o hábito.
          Assim como para quem ler, ouvir histórias também torna-se importante na construção de um cidadão. Ler é entre tudo viajar por lugares inabitáveis sem sair do lugar, e sem que você quiser ser. E apesar de toda a tecnologia a qual estamos expostos hoje, a base de tudo sempre foi a leitura. Foi dos livros que alguém, um dia, me mostrou as letras as quais hoje escrevo,.
          Infelizmente em nossa cidade não disponibilizamos de uma biblioteca tão extensa e diante dessa deficiência e da importância da leitura sugiro um novo projeto, o qual dei o nome de "Toma o meu!", e que o nome já diz, um evento para doação de livros entre nossos alunos. Com isso muitos teriam acesso a novas histórias, novos mundos.

Atenciosamente, Odaísa Monteiro.

Obs.: o texto foi transcrito fielmente como produzido pela aluna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário