13 de março de 2013

VISITA DO CONPAZSCC

Major Coronel Souza

Guarda Municipal André

Nos dias 12 e 13 de março de 2013, o CONPAZSCC (Conselho de Paz do Município de Santa Cruz do Capibaribe) visitou a nossa instituição com o objetivo de apresentar aos nossos alunos o trabalho que realizam.  O objetivo do conselho é implantar uma cultura de paz, construindo uma parceria com as escolas, alunos, educadores e toda sociedade, para que tornem-se multiplicadores e construtores da paz. No dia 12 o palestrante foi o Major Coronel Souza, e no dia 13 o Guarda Municipal André. Desde já gostaríamos de agradecer a presença deles à nossa escola e parabenizá-los pelo trabalho que estão realizando.

PARA VER TODAS AS FOTOS


Conheça dez motivos pelos quais o cidadão não deve portar arma de fogo


1°) EXISTE UMA PROIBIÇÃO LEGAL

A legislação em vigor proíbe o porte de arma no Estado de Pernambuco, tornando-o um ilícito penal que resultará no encaminhamento do infrator a uma delegacia de polícia, onde sofrerá uma sanção penal, que trará desconforto ao cidadão, pelo fato de ter praticado uma ação insensata.

2°) FALTA DE PREPARO TÉCNICO E PSICOLÓGICO

Mais de 90% os cidadãos que andam armados, não realizaram capacitação, ou seja, n~´ao estão devidamente preparados para portar uma arma de fogo, pois a maioria é comprada no comércio clandestino, o que a torna um perigo para para o portador.

3° FALSA SENSAÇÃO DE SEGURANÇA

O cidadão que porta arma de fogo tem a falsa sensação de que está protegido, fato grave que poderá resultar em uma morte devido ao seu despreparo para utilizar uma arma de fogo. Está comprovada que a grande maioria dos assaltos em que é esboçada mínima reação resulta em morte ou lesão corporal a vítima.

4°) O MARGINAL UTILIZA O FATOR SURPRESA

O fator determinante no assalto é a surpresa. Para tanto, ao passar por um momento crítico como este, não esboce nenhuma reação brusca, como fazer menção de puxar a carteira para entregar ao marginal, pois este gesto poderá lhe custar à vida.

5°) A TRAGÉDIA FAMILIAR

Pela falta de preparo do cidadão no que se refere ao manuseio e à guarda da arma, um acidente pode acabar causando a morte ou a deficiência permanente de um ente querido, uma vez que muitas vezes a arma   municiada  é deixada em lugar impróprio dentro da própria casa de seu portador.

6°) O AUMENTO DA VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO

O cidadão portador de arma de fogo fica mais agressivo, fato este que é acrescido ao estresse do trânsito, estando comprovado através de estudos que há um grande número de mortes e lesões corporais resultantes de discussões no trânsito.

7°) A INGESTÃO DE BEBIDA ALCOÓLICA

Há comprovações de que indivíduos alcoolizados causam discussões e agressões físicas com maior frequência. Entretanto, quando armados, têm provocado mortes após desentendimentos.

8°) O AUMENTO DA VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS 

Verificamos um aumento no número de casos de jovens usando armas de fogo nas escolas, resultante do espelho familiar, através do pai ou parente mais próximo que possui uma arma em sua residência.

9°) O CIDADÃO ARMA O MARGINAL

Pelo fato de o marginal utilizar o elemento surpresa, diariamente inúmeras armas passam das mãos dos cidadãos para os marginais, quando estes praticam assaltos. Dessa forma, o cidadão inconscientemente alimenta a violência.

10°) O AUMENTO DA VIOLÊNCIA DENTRO DA PRÓPRIA FAMÍLIA

Têm sido constatado, através de estudos realizados, o aumento da violência dentro da própria família e entre pessoas próximas. Ela se origina através de discussões banais que poderiam ser resolvidas com uma boa conversa. Contudo, diante da presença de uma arma no interior da residência, há uma maior em utilizá-la, fato este que tem aumentado assustadoramente os índices de violência no nosso país.

SOU DA PAZ, SOU TOLERANTE!
Autor: Ten. Cel. PM. Alexandre de Souza 
Secretário Municipal de Defesa Social - SDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário