4 de setembro de 2012

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO


Neste texto queremos fazer algumas comparações dos caminhos e desafios pelos professores do ensino tradicional com os professores que utilizam o ensino histórico – critico. A partir de três elementos: Primeiro, sobre a função da escola e do professor. Em segundo, apresentar as diferenças destes dois métodos na sua forma didática, por último destacar os desafios da educação decorrente das mudanças ocorridas nos últimos anos. 


A função da escola e o papel do professor na visão tradicional


           
            A função da escola dentro de uma visão tradicional tem alguns objetivos: preparar intelectualmente e moralmente os discentes para que possam atuar na sociedade de acordo com os pressupostos estabelecidos pela mesma. A escola não se compromete e também não se envolve com os problemas sociais sua responsabilidade limita-se a cultura, logo conhecimento e experiência estão desassociados da vida dos alunos. A elaboração de conteúdos didáticos é destinada a todos os alunos. A evolução ou sucesso da aprendizagem é condicionado ao esforço do aluno (LIBÂNIO, 1992, p. 8-9).
            O papel do professor é transmitir os conhecimentos seguindo um único método, sem levar em consideração idade, individualidade e o ambiente social que seus alunos estão envolvidos. Não há interação professor-aluno, não há espaço para critica e reflexão, pois os assuntos abordados são impostos como os únicos e verdadeiros (LIBÂNIO, op. cit. p.10). Falta-lhes criatividade na elaboração das aulas e envolvimento na vida dos alunos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário